domingo, 29 de julho de 2012

É difícil de se perder...



Era uma viagem longa e cansativa. Dormia e acordava, sabendo que tinha muitas horas dentro do carro. Depois de muito tempo viajando, árvores e paisagens já não eram mais atrativas. Só restava dormir, cochilar. Foi num desses cochilos, que me distraí com um caminhão que estava a frente. Foi quando notei sua frase de para-choque. Era mais ou menos assim: “A vida se torna difícil para quem quer ter tudo fácil. ”A simplicidade da frase, me fez ficar pensando no quanto aquilo fazia sentido. Vivemos com pressa, correndo, buscando tudo para hoje. Na ansiedade para ter tudo agora, sem esperas, acabamos sendo levados pela facilidade. Procuramos sempre o caminho mais curto, o trabalho mais leve, o amor mais seguro, a felicidade mais próxima. E aí que a vida se complica, que tudo desmorona. Porque da mesma forma que tudo vem muito fácil, também se vai com a mesma facilidade. Repare só. Todos querem um emprego sólido, um salário bom, uma família feliz, um amor de verdade. Mas poucos estão dispostos a cair, a se machucar. Para ser de verdade, você precisa lutar, persistir e continuar. Cicatrizes não são sinal de que você foi fraco. São marcas que a vida deixa, para que você não se esqueça que um dia tentou. O mérito pra ser conquistado, precisa de trabalho. O sonho para ser realizado, precisa de decepção. A batalha para ser vencida, precisa de derrota. A busca para ser alcançada, precisa de tombos. O amor para ser forte e para sempre, precisa de desencontros. Porque é aí, quando você percebe que mesmo depois de ter enfrentado todos os desafios, - o sonho, o amor, o trabalho, a vida -, continua ali, esperando para ser sua. Só que dessa vez, nada o leva. Porque você soube lidar com a dificuldade de consegui-lo. E tudo que é difícil de conseguir, raramente um dia se vai... Por isso, não desanime. Saia da zona de conforto de ter tudo fácil. O que é mais difícil de conseguir se torna também mais difícil de se perder.

Mayra Coimbra

3 comentários:

  1. Obrigada Sarinha. Obrigada Ricardo. Fico feliz, que vocês tenham gostado. Beijão.

    ResponderExcluir